Faltam duas rodadas para o término dos jogos do Grupo B da 2ª fase da Divisão de Acesso do Paraná, competição que vai indicar duas equipes para a elite do próximo ano (a outra classificada sai do Grupo A, ainda paralisado).
O Atlético de Paranavaí está a duas vitórias de conseguir seu objetivo, sem depender de ninguém. Passo a passo, ou vitória a vitória, o time vai superando os desafios, como foi neste domingo, diante do Andraus.
O Vermelhinho venceu de 1×0, jogando em casa, e se manteve dois pontos atrás do Maringá FC, que venceu o Cascavel CR por 2×0. O time maringaense soma 10 pontos, contra 8 do Paranavaí.
Essas duas equipes vão brigar pela vaga do grupo B, já podendo ter uma definição no próximo domingo em caso de vitória do time maringaense. O jogo será no WW em Paranavaí.
Ao Paranavaí só resta uma alternativa – vencer, adiando a definição da vaga para a última rodada, quando o Vermelhinho joga em Cascavel e o Maringá, em Campo Largo, contra o Andraus.
As chances: O Atlético de Paranavaí, para subir para a 1ª Divisão, precisa vencer seus dois jogos, contra o Maringá, em casa, e depois em Cascavel. Se empatar, domingo, terá de vencer o Cascavel e torcer por derrota do Maringá.
O Paranavaí ainda se classifica vencendo o Cascavel e havendo empate do Maringá, mas seria necessário tirar o saldo de gols pró-Maringá. O Maringá tem saldo de 5 e o Paranavaí, 2. Os critérios de desempate são: número de vitórias, saldo de gols, maior número de gols marcados e menor número de cartões vermelhos.
O Maringá se classifica vencendo no domingo. Se perder em Paranavaí, a decisão fica para a última rodada, mas então terá perdido a vantagem de dois pontos que sustenta até agora, tendo de torcer por tropeço do Paranavaí ante o Cascavel.
A VITÓRIA – A vitória do Atlético de Paranavaí, anteontem, foi pelo placar de 1×0. O time teve chances de fazer um placar melhor, mas o ataque não foi eficiente para concluir as jogadas criadas. O técnico Rafael Andrade disse que a semana “conturbada”, tornou perigoso o jogo contra o Andraus.
“Passamos por uma semana meio turbulenta, o que tornou o jogo contra o Andraus meio perigoso. Mas fizemos o que tinha de ser feito que era ganhar. O gol saiu até em uma situação engraçada, chorado. Tudo para nós tem que ser mais complicado. Temos que agradecer a Deus e os esforços destes guerreiros que estão entrando em campo para defender a camisa do clube e o nome da cidade”, frisou o treinador.
Rafael Andrade fazia menção ao protesto dos atletas, na terça-feira da semana passada, em não treinar se não recebessem o salário, em atraso. O elenco decidiu voltar aos trabalhos e jogar, mesmo sem o pagamento.
“Vamos focar esta semana no Maringá, espero que as questões pendentes sejam resolvidas para que possamos só pensar neste jogo decisivo”, frisou Rafael Andrade, que já manifestou preocupação com a situação financeira.

Ficha técnica
Atlético de Paranavaí 1×0 Andraus Brasil

Jogo da 1ª rodada do returno da 2ª fase da Divisão de Acesso. Local: Estádio Waldemiro Wagner, em Paranavaí. Data: 14/05/2017. Gol: Glauber, aos 4min55 do 2º tempo. Público pagante: 903. Total: 1.086. Renda: R$ 9.550,00. Árbitro: João Paulo Romano Queiroz. Assistentes: Luiz Paulo Galli e Cícero Aparecido da Silva. Delegado: Everson Celestino de Souza. Cartão amarelo: Ricardinho (PAR), João Paulo (AND). Cartão vermelho: Antônio (AND).
Equipes:
Atlético de Paranavaí – Dida; Diego Furlan, Leonardo (Luizinho), Glauber e Luan; João Antônio, Luan, João Victor e Chimbinha; Alessandro (Yan) e Monte Alegre (Ricardinho). Técnico Rafael Andrade.
Andraus: Augusto; João Paulo (Leandro), Marcio, Andres e Copetti; Vinicius, Marcelinho, Caio e Dwabb (Santiago), Barbosa (Negueba) e Antônio. Técnico – Claudemir Peixoto.

Fonte: Jornal Diário do Noroeste