Equipe está de volta à maior competição do país de pois de uma temporada ausente.

Pentacampeão Paranaense Chave Ouro, o Cascavel está de volta ao cenário do futsal brasileiro. A equipe liderada pelo treinador Nei Victor integra as potências do Paraná inscritas na disputa da LNF 2018, junto ao Marreco Futsal, Pato Futsal, Copagril e Foz Cataratas.

O Cascavel soma oito participações na LNF. A melhor colocação foi um 6° lugar. Para atual temporada, além da força da fanática torcida, o clube anunciou reforços como Rafinha Muller (ex-Intelli), Canhoto (Ex-Marreco) e Ian (Ex-Ponta Grossa). A equipe também renovou contrato com os experientes Issamu, Adeirton, além do goleiro Ale Falcone.

A equipe mandará os jogos no Ginásio da Neva, que passa por reformas. Outro ginásio indicado pela equipe é o da Associação Coopavel. O Cascavel estreia na LNF 2018 jogando contra o Joinvile, em 16 de março, às 20h15min, no Centreventos Cau Hansen, em Joinville (SC).

Fabrício Wazilweski

Experiência no comando técnico

O treinador Nei Victor é um dos personagens do Cascavel. Ele está na equipe desde 1996. Já soma mais de 1.000 jogos no comando da Serpente Tricolor. Nei é paranaense de Inajá e cascavelense por opção. Foi de jogador a treinador do clube, que agora entra para o desafio da LNF 2018.

Sobre a cidade de Cascavel

Cascavel é um município brasileiro localizado na região oeste do estado do Paraná, do qual é o quinto mais populoso. A distância rodoviária até Curitiba, capital estadual, é de 491 km. Consideravelmente novo e com topografia privilegiada, teve seu desenvolvimento planejado, o que lhe deu ruas largas e bairros bem distribuídos. É sede da Região Metropolitana de Cascavel, capital regional do Oeste do Paraná e polo estratégico do Mercosul.

Fonte: Liga Futsal