Depois de marcar um gol a favor e um contra, Canabarro consegue acertar linda bicicleta na derrota por 5 a 4 do Foz Cataratas em Francisco Beltrão (PR). Marreco vence e segue invicto na LNF 2018.

Uma semana depois de Cristiano Ronaldo impressionar o mundo com um gol antológico de bicicleta na Liga dos Campeões, eis que o futsal também teve o seu momento CR7 nesta segunda-feira. Aos cinco minutos do segundo tempo, Canabarro – que já havia feito um gol a favor e um contra – dominou a bola de costas para o gol, levantou e acertou uma linda bicicleta no ângulo – Confira o gol AQUI. Apesar do golaço, o Foz Cataratas, de Canabarro, foi derrotado pelo Marreco por 5 a 4, em Francisco Beltrão (PR). Os outros gols da equipe da casa foram marcados por Emerson, Richard, Sol Sales e Sinoê. Jamur e Daniel Feitosa completaram o placar para o Foz.

– O gol foi bonito, mas não adiantou de nada, porque nós saímos de quadra derrotados. Pecamos muito pelos erros do primeiro tempo. Vamos tentar consertar isso até quarta-feira, quando enfrentaremos o Marreco novamente pelo Paranaense – comentou Canabarro.

José Delmo Menezes Junior

O Marreco volta a jogar pela LNF na sexta-feira. O adversário é o Carlos Barbosa às 20h15, no Centro Municipal de Eventos Sérgio Luiz Guerra em Carlos Barbosa (RS). Na mesma data e horário o Foz Cataratas pega o São José no Tênis Clube de São José dos Campos (SP).

Início movimentado

O Marreco começou o jogo pressionando. Com menos de dois minutos jogados, Sol Sales finalizou da entrada da área, colocando Luan para trabalhar. Apesar do maior volume do time da casa, foi o Foz Cataratas quem abriu o placar. Após jogada iniciada por Daniel Feitosa, Canabarro ficou livre para fazer 1 a 0. O Marreco não demorou a empatar. Aos quatro, o árbitro marcou pênalti para o time de Francisco Beltrão, que igualou o marcador com Emerson.

Após o gol, o jogo passou a ficar truncado e com muitas jogadas ríspidas. Emoção mesmo só aos oito minutos, quando Richard aproveitou reposição rápida de Beccon e mandou para o fundo do gol. Era o segundo do Marreco. Aos nove, Sinoê por muito pouco não marcou o terceiro. Ao fazer jogada de pivô, ele encheu o pé, e Luan espalmou pela lateral. Dois minutos depois, foi a vez de Sol Sales puxar contra-ataque rápido e tocar para fora com Luan fora do gol.

Aos poucos, o Foz Cataratas foi saindo mais para o jogo. Com a marcação adiantada, o time de Foz do Iguaçu passou a criar chances atrás de chances como aos 13, quando Daniel Feitosa finalizou de frente para Beccon, que tirou com o pé. Apesar da pressão dos visitantes, foi o Marreco quem marcou novamente. Em cobrança de escanteio da esquerda, Canabarro desviou contra o próprio gol: 3 a 1, placar da etapa.

José Delmo Menezes Junior

O segundo tempo começou movimentado. Com 15 segundos, Luan já havia feito defesa espetacular, evitando o quarto gol do Marreco. Aos dois minutos, o Foz Cataratas perdeu Vini, expulso. Aproveitando a vantagem numérica de dois minutos, o Marreco chegou ao quarto gol com Sol Sales. Já recomposto, o Foz Cataratas voltou a equilibrar as ações. Aos cinco minutos, Canabarro marcou o golaço de bicicleta, diminuindo para 4 a 2.

Aos sete, Vini carimbou o travessão de Beccon. Quatro minutos depois, Jamur recebeu de Daniel Feitosa e tocou com categoria para fazer o terceiro dos visitantes. Com cinco minutos para buscar o empate, o Foz se mandou todo para o ataque. E num descuido da defesa visitante, Sinoê ficou livre para marcar 5 a 3. Após o gol, o técnico Luciano Bonfim lançou Canabarro como goleiro-linha. Nos segundos finais, Daniel Feitosa ainda descontou, mas já era tarde para conseguir o empate. Vitória do Marreco no clássico paranaense.

Fonte: Liga Futsal