Há 38 anos participando do Campeonato Paranaense de Futsal da 1ª Divisão, o São Lucas vê sua projeção de arrecadação cair em 2018, com isso lança mão do time Sub-20 para participar da divisão de elite do Estado.
O clube de Paranavaí tinha repasse de subvenção da Prefeitura, mas uma lei impede agora essa parceria, mas a Secretaria de Esportes vai continuar colaborando, informou Nivaldo Mazzin, um dos coordenadores da equipe.
“Vamos ter de nos adequar à situação, buscar mais parcerias com as empresas, como sempre fizemos”, disse Nivaldo Mazzin em entrevista ao Diário do Noroeste.
Ele explica que jogadores da base, ou mesmo até alguns adultos, poderão se beneficiar do Bolsa Atleta, um programa que repassa recursos a atletas com bom rendimento.
“É um choque grande”, disse Mazzin, sobre a queda da arrecadação para manter o time no Estadual, justamente no ano que garantiu vaga na Taça Brasil por ter sido 6º colocado no campeonato de 2017. “A tática agora é usar a molecada”, disse Mazzin, acompanhado do técnico Carlos Giuliano.
Para Nivaldo Mazzin, o problema não é exclusivo do São Lucas. Diz que muitas equipes estão na mesma situação, embora em melhores com condições de buscar patrocinadores em suas regiões.
O Paranaense de Futsal começa no próximo mês, com o São Lucas jogando no dia 20 em Campo Mourão. A apresentação do time está marcada para a próxima segunda-feira, às 16h, no Ginásio Lacerda Braga.
Fonte: Jornal Diário do Noroeste