O São Lucas Futsal, de Paranavaí, debutou anteontem em uma competição nacional. Fez sua estreia na Copa do Brasil de Clubes e não resistiu ao poderio do Joinville (SC) que, jogando em casa, venceu de goleada: 5×1.
Mas para Carlos Giuliano, técnico do tradicional clube paranaense, o resultado não quer dizer muita coisa, entendendo que o desempenho do seu time deixou “um ponto de esperança” para o jogo de volta, marcado para o próximo dia 29, no Ginásio Antônio Lacerda Braga, em Paranavaí.
“Nosso time foi além da expectativa, saímos na frente, tivemos um pênalti não marcado e algumas chances desperdiçadas. Mas está bom, temos a possibilidade de vencer em casa”, disse o treinador, sem deixar de destacar a qualidade do adversário. “Foi um baita jogo, é como dizer que caímos de pé”.
O treinador entende que o desempenho de seu jovem time (a média de idade é de 20 anos) criou “um ponto de esperança” para o jogo de volta, isso porque não há saldo de gols. Em caso de vitória do São Lucas, a decisão da vaga vai para a prorrogação e pênaltis, se necessário. Empate beneficia o time de Santa Catarina.
“Não é nada de bicho de sete cabeças, só precisamos ter mais atenção. É difícil? Claro que é, o Joinville é um time montado para ganhar tudo, mas nada que tire nossa esperança”, falou com otimismo o técnico Carlos Giuliano, que mostra também sua competência no comando da equipe que tem jogadores jovens, como é o caso de Nandinho, de apenas 17 anos.
A média de idade do grupo é de 20 anos. Para o confronto de volta, o São Lucas terá o reforço de Roni e Varela. O primeiro não estava com registro e o segundo, contundido.
INÉDITO – Carlos Giuliano é um dos defensores do novo projeto do São Lucas, de utilizar em seu elenco atletas da base. O treinador destacou a estreia do time de Paranavaí em uma competição nacional, após 37 anos de história no futsal paranaense.
O São Lucas disputa o Campeonato Paranaense de Futsal desde 1995, sendo o único time da 1ª divisão que disputou a Taça Paraná de Futsal, quando essa era considerada a única competição de clubes no Estado. Na Taça Paraná, o São Lucas atuou de 1981 a 1994.

Fonte: Jornal Diário do Noroeste