INICIODigitalizar0069

download

Cesar Borin – Uma das figuras mais importantes do futsal e futebol de Paranavaí em todos os tempos (Demafra e ACP)

No dia 21/04/1973 foi fundada a  Demafra Futebol Clube, uma das mais vitoriosas equipes de futsal e futebol de Paranavaí e região, Campeã Paranaense de futsal em 1976, Campeã dos Jogos Abertos do Paraná (Futebol) em 1975 (Representando Paranavaí) e Campeã da Taça Paraná de Futebol Amador em 1977. Apesar de ser fundada em 1973 seu registro ocorreu em 05/02/1974 sob o n 161, no livro “A”. Os sócios fundadores foram: Cesar Francisco Borin, Wilson R. Borin, Arilson Borin, Regis Diamante, Luiz Mânica, Laudecir Gomes Pereira Bornia.

 

1974

No dia 10 de março de 1974 a Demafra venceu o D.E.R por 3 a 1 de virada, em um jogo muito violento conquistando o título do III Troféu Folha de Londrina de Futebol de Salão.

Demafra – Mello, Maritaca, Zizico, Carmo, Dilvo, Reinaldo, Nilson e Hélio.

D.E.R. – Osvaldo, Dirceu, Reinaldo Ota, Coelho e Gilmar.

No mesmo ano, a Demafra conquistou o II Troféu Diário do Noroeste antecipadamente ao vencer o Banestado na penúltima rodada, e na última cumpriu tabela contra o Corinthians, ficando assim a classificação:

  1. Demafra
  2. Ragplan/Tamboara
  3. Associação Banestado
  4. Corinthians
  5. A.A.B.B.
  6. D.E.R.
Foto 39

Carmo Cassorillo, considerado por muitos um dos melhores jogadores de futsal e futebol de Paranavaí em todos os tempos

O artilheiro da competição foi Carmo (Demafra) com 28 gols marcados.

A II Taça Paraná da história contou com a participação de vinte equipes divididas em cinco grupos, tendo a Demafra como a única representante de Paranavaí, que ficou no grupo I ao lado da Walmar (Maringá), AABB (Nova Esperança) e a forte equipe do Clube Atlético Pitrica (Curitiba), obtendo os seguintes resultados:

28/09/74 – Demafra 2 x 2 AABB (Nova Esperança)

05/10/74 – Walmar/Maringá 5 x 2 Demafra

06/10/74 – Demafra 1 x 5 Pitrica/Curitiba

12/10/74 – AABB (Nova Esperança) 2 x 2 Demafra

Este jogo foi bastante violento por parte da equipe de Nova Esperança, e também complicado por causa da arbitragem.

17/10/74 – Demafra 3 x 6 Walmar/Maringá

Jogo com grande público, tanto de Paranavaí quanto de Maringá, onde o Demafra deixou escapar uma vitória importante.

Demafra – Jair, Zizico, Dilvo, Reinaldo, Devanei e Chiquita.

Os gols foram marcados por Dilvo, Devanei e Chiquita, o arbitro foi Jurandir Canjarana, auxiliado por Marcos Antonio Lucas de Lima, e Shirley Menezes.

19/10/1974 – Pitrica/Curitiba x Demafra

Jogo cancelado em função da classificação, sendo que o campeão daquele ano foi novamente o Grêmio Cacique de Londrina, sagrando-se bi-campeão.

Ainda em 1974 a Demafra disputou o Campeonato Integração que contou com a participação da Cotel (Paranavaí) e equipes de Maringá e Campo Mourão:

Resultados:

I fase:

Jabur/Maringa 4 x 2 Demafra

Cocamar/Maringa 2 x 2 Demafra

Demafra 2 x 1 Cocamar/Maringa

Jabur/Maringa x Demafra – Cancelado pois as duas equipes ja estavam classificadas.

II fase:

Demafra 0 x 6 Jabur/Maringá

Santa Carmem 4 x 8 Demafra

Demafra 3 x 0 Dama/Maringa – A equipe de Maringá saiu da quadra do Noroestão após a expulsão de seu goleiro no segundo tempo, quando o jogo ja estava 3 a 0. Arbitro Marco Antonio Lucas de Lima.

Demafra 4 x 0 Jabur/Maringá

Demafra 2 x 4 Santa Carmem

Demafra 2 x 1 Dama/Maringá

A Demafra acabou eliminada na semi-final perdendo para o Country Club de Maringá fora de casa pelo placar de 1 a 0. Houve muita reclamação por parte de dirigentes com relação a arbitragem, tanto que a equipe solicitou o cancelamento da disputa pelo terceiro lugar.

Elenco Demafra – Renato, Dilvo, Gilmar Pinheiro, Carmo, Reinaldo, Sérgio, Piton, Bedão, Sanches, Zizico, Chiquita, Sopinha, Devanei.

1975

A Demafra conquistou a I Taça Paranavaí vencendo a forte equipe do Banestado  pelo placar de 2 a 1 com dois belos gols de Carmo, também participaram da competição o Banco do Brasil e a Ragplan.

O artilheiro da competição foi Devanei

Demafra – Ruiz, Nicácio, Dilvo, Sopinha, Carmo e Devanei.

II Troféu Imprensa de Futebol de Salão 1975:

Cotel 4 x 1 Demafra (Gols de Coelho 04)

Demafra 5 x 3 AABB/Soesma de Maringá – Este jogo aconteceu em Nova Esperança e o Demafra chegou a estar vencendo por 4 a 0.

Demafra 5 x 2 Banestado/Doutor Camargo – Gols de Carmo (04) e Dilvo.

Demafra 3 x 0 Banestado/Goioerê

Banestado/Campo Mourão 1 x 2 Demafra – De virada, gols de Dilvo e Devanei.

Banestado/Doutor Camargo 4 x 3 Demafra

Banestado/Porecatu 1 x 8 Demafra – gols de Carmo (03), Dilvo (02), Elizeu, Gilmar Pinheiro e Devanei.

Demafra 8 x 1 Clube dos 30 de Marialva

Fase Final em Paranavaí:

Demafra 2 x 0 Goioerê

Demafra W x O Banestado/Doutor Camargo

Cotel Campeã e Demafra vice

No Campeonato Comercial de 75 a Demafra goleou a Cotel por 6 a 2 com gols de Carmo (03), Devanei (02) e Sopinha conquistando o título, descontaram Coelho e Bepe para a Cotel.

No dia 16/09/1975 aconteceu em Paranavaí um evento de “Showbol” no Ginásio de Esportes Presidente Médice “Noroestão” envolvendo jogadores nacionais e locais. Em um desses jogos a Demafra bateu a Cotel pelo placar de 15 a 13.

Demafra – Renato, Sopinha, Carmo, Chiquita, Malhado, Gilmar Pinheiro, Devanei, Álvaro, Nicácio, Sumaré, Elizeu e Paxá.

Cotel – Miltinho, Coelho, Darci, Maritaca, Perigoso, Silvinho, Bepe, Amaral, Nakamura, Beto e Kuriama.

Resultados da Demafra na Taça Paraná de 1975:

Expressinho de Apucarana 1 x 5 Demafra

Demafra 1 x 3 Plastilon/Londrina.

As equipes Paranavaienses da AABB, Cotel e Antártica caíram fora da competição, ja a Demafra decidiu o título da Região Norte sendo derrotado pelo Banespa de Apucarana.

Demafra 1 x 3 Banespa/Apucarana

Banespa/Apucarana 4 x 2 Demafra

 

Resultados da Demafra que ficou em quarto lugar na Taça Governador que contou ainda com a participação da Cotel.

Demafra 8 x 3 Troian/Nova Londrina

Demafra 3 x 1 Cotel

Demafra 5 x 1 Associação Cultural/Rolândia – Gols de Carmo (02), Devanei (02), e Dilvo.

Fase Final em Nova Londrina:

Demafra 1 x 3 Transbussadori/Londrina

Demafra 0 x 1 Troian/Nova Londrina

1976

O ano de 1976 começou com um amistoso internacional contra o penta-campeão uruguaio Sporting quando venceu pelo placar de 3 a 0 com três gols do pivô “Carmo”.

Demafra – Loiry, Dilvo, Devanei, Carmo, Perigoso, e Adalberto. Técnico – José Soares de Lima “Paxá”.

FB_IMG_1453006381374

Loiry “Gordo”

Sporting – Amilcar, Ricardo, Hector, Juan, Hugo, Fernando, Ulanco, Serjo, Paja, Angel, Eduardo, Álvaro, e Soares. Técnico – Jorge Fapregat, Juiz – Hector Emprósito, e Chefe de Delegação – Adolfo Comenare.

Em seguida, pela Taça Paranavaí, em mais um duelo local venceu a Cotel pelo placar de 2 a 1 e conquistou o título:

Demafra – Loiry, Devanei, Sopinha, Dilvo, e Carmo.

Cotel – Madraga, Nakamura, Bepe, Maritaca e Coelho.

Pelo Campeonato Citadino de 76 novamente a Demafra conquistou o título ao empatar na última rodada com a Antártica por 3 a 3.

Um dos títulos mais importantes da temporada ocorreu na Copa Tigre de Futsal, alguns resultados;

Em Maringá – Demafra 6 x 2 Campo Mourão

Em Londrina – Demafra 11 x 3 Copel – Gols de Carmo (06), Devaney (03) Régis e Nicácio.

Em Curitiba – Demafra 4 x 0 Hermes Macedo na quadra do Pinheirinho. A equipe da Hermes Macedo vinha de 72 vitórias e o título da região sul. Um detalhe curioso foi que o Demafra teve que jogar com o uniforme da seleção paranaense pois o seu foi roubado na rodoviária de Curitiba.

Demafra – Chico, Sopinha, Devanei, Perigoso, Carmo, Brá, Nicácio e Régis.

A Demafra ainda venceu o Quadrangular “08 de Abril” e o Torneio “I de Maio”

Torneio do Povo foi uma competição importante organizada por uma rádio de Londrina, e foi conquistada também pela Demafra, resultados:

Demafra 3 x 5 São Carlos

Demafra 5 x 3 AMEPE

Demafra 6 x 0 Pilonetto

Demafra 6 x 1 São Carlos

Demafra 7 x 2 Teuto Brasil/Campo Mourão

Demafra 4 x 4 Teuto Brasil/Campo Mourão

Demafra 2 x 1 Tagliari/Campo Mourão

Demafra 2 x 6 Apucarana

Demafra 2 x 2 Cascavel

Demafra 5 x 3 Ubiratã

Demafra 3 x 0 Porecatu

Demafra 6 x 3 Troian/Nova Londrina

Demafra 2 x 5 Usina Central/Porecatu

Demafra 0 x 1 Troian/Nova Londrina

Demafra – Loiry, Milton, Dilvo, Devanei, Sopinha, Carmo e Perigoso.

IMG-20160131-WA0001

Tabelinha Carmo x Devanei (Foto: Livro História do Futsal de Paranavaí)

Uma das grandes partidas de futebol de salão envolveu a Demafra que venceu o Palmeiras pelo placar de 3 a 0 no Ginásio Lacerda Braga com um publico superior a 2.000 pessoas e uma arrecadação de Cr$15.000,00.

Os (03) gols da Demafra foram marcados por Carmo aos 11 minutos do primeiro tempo e aos 4 e 11 do segundo tempo.

Demafra futsal 1976 II

Devaney, Sopinha, Loiry “Gordo”, Perigoso e Carmo

Demafra – Loiry, Dilvo, Devanei, Sopinha, Carmo, Milton, Zé Mario e Perigoso.

Palmeiras – Anderson, Edson, Roberto, Mauricio, Claudio, e Marcos.

O Diretor Cesar Borin mostrou toda a sua irritação com o empresário do jogo “Rubens Fernando Cabral” que prometeu trazer a Paranavaí a equipe principal do Palmeiras, o que acabou não acontecendo, pois o que se viu foi a equipe juvenil do esquadrão alvi-verde.

 

download (2)

Devanei Eugênio – Um dos melhores de todos os tempos

 

No Campeonato Citadino a Demafra venceu por 5 a 1 a Antártica e conquistou o “Trofeu Roberto Saldanha” oferecido pela Rádio Cultura. Carmo foi o artilheiro com 21 gols e Devanei foi escolhido o melhor jogador da competição.

 

 

O Campeonato Comercial em disputa do Troféu Diário do Noroeste contou com a participação de 24 equipes e mais uma vez o título ficou com a Demafra.

Um fato curioso nesta competição aconteceu na partida onde a equipe goleou a Hermácia B pelo placar de 11 a 1, onde o atleta Devanei Roque Eugênio marcou os 11 gols da vitória.

Na decisão a equipe venceu o rival Cotel pelo placar de 3 a 0 com 03 gols de Sopinha.

Demafra – Loiry, Miltinho, Devanei, Zizico, Sopinha, Carmo, Zé Mario, Nicácio, Perigoso e Dilvo.

Cotel – Bepe, Cherem, Valter, Marquinhos, Vladimir, Nakamura, e Maritaca.

Outro amistoso interestadual envolveu a equipe da Demafra que venceu o Corinthians Paulista no Ginásio Noroestão com um público superior a 2.000 pessoas pelo placar de 4 a 3 com gols de Carmo (03) e Sopinha para a Demafra e Esfina (02) e Zego para o Corinthians. O destaque da partida foi o gol de Sopinha que aconteceu a 10 segundos do fim, não dando chances de reação a equipe Paulista.

Demafra – Loiry, Sopinha, Dilvo, Devanei e Carmo.

Corinthians – Daniel, Esfina, Zego, Mota Rabelo, Antonio Carlos, Kiko, Luis Carlos e Medina.

O título mais importante da história do futsal de Paranavaí ocorreu na Taça Paraná de 76 que contou com a participação de cinco equipes de Paranavaí, sendo que a Antártica, Gerder, Dal Prá e Cotel disputaram a mesma eliminatória, e a equipe da A.A. Dal Prá conseguiu a classificação. Este grupo foi disputado em Paranavaí e teve a participação dos árbitros locais.

I fase:

Demafra 3 x 1 Walmar/Maringa – Gols de Carmo (02) e Dilvo.

Demafra – Loiry, Sopinha, Devanei, Perigoso, Dilvo e Carmo.

Country Club/Umuarama 0 x 4 Demafra

Demafra 11 x 3 Country Club/Umuarama – Gols de Carmo (04), Zé Mario (04), Perigoso (02) e Dilvo.

II Fase:

Rodoviário/Maringa 1 x 2 Dal Prá

Marechal Cândido Rondon 1 x 2 Demafra – Gols de Carmo e Devanei

Demafra 7 x 2 Marechal Cândido Rondon

Fase Semi-Final em Apucarana:

Demafra 6 x 3 Banco do Brasil/Curitiba

Demafra 3 x 1 Apucarana Esportes – Gols de Carmo (02) e Sopinha

Demafra 3 x 1 Cacique/Londrina

Demafra futsal 1976

Da Silva, Romildo, Carmo, Miltinho, Iko, Paulinho , Gilmar Pinheiro. Cuquinha, Devaney, Sopinha, Pitrica , Loiry, e Perigoso

Demafra 3 x 1 Banestado/Francisco Beltrão.

Na decisão, a equipe da Demafra jogou com o Ginásio de Esportes Lagoão (Apucarana), e contou com o apoio da torcida local (cerca de 4.000 pessoas), que apoiaram a equipe paranavaiense do começo ao fim.

A Demafra goleou o Florença/Londrina pelo placar de 4 a 1, com os 04 gols sendo marcados por Carmo, inclusive marcando mais um contra (para o adversário).

Demafra – Milton, Sopinha, Devanei, Dilvo, Carmo, Perigoso, e Zé Mario.

Florença – Nicola, Tãozinho, Jairo, Tuca, Jadir e Ribas.

Carmo foi o artilheiro da competição marcando 11 gols só na fase final, e a Demafra ganhou o troféu disciplina. A equipe Paranavaiense ganhou o direito de representar o Paraná no Sul Brasileiro de seleções, no mês de janeiro do ano seguinte em Florianópolis.

1977

No inicio de 1977 a equipe da Demafra viajou até Florianópolis, onde representou o Paraná no Campeonato Sul Brasileiro de Seleções, e para Joinville disputar a fase final da Taça Tigre. 

foto 273

Demafra, muitas vezes era  a base da Seleção de Paranavaí – Carmo, Dilvo, Miltinho, Perigoso, Devaney Loiry, Darci, Sopinha e Renato

Em Florianópolis, a equipe Paranavaiense sentiu a falta de experiência e foi derrotada por São Paulo por 3 a 0, e por Santa Catarina por 2 a 1, sendo que São Paulo empatou com Santa Catarina em 2 a 2 e ficou com o título pelo saldo de gols.

Na sequencia, a equipe seguiu direto para Joinville onde conquistou o título da Taça Tigre Nacional ao vencer a equipe da Tigre por 5 a 1 com gols de Carmo (03) e Devanei (02).

A delegação da Demafra chefiada pelo Presidente da Liga de Futebol de Salão de Paranavaí, Sr. Valdomiro Pereira “Mirão”, foi representada pelos seguintes atletas: Milton, Loiry, Dilvo, Sopinha, Devanei, Perigoso, Carmo, Zé Mario, Helder, além de alguns reforços do Florença de Londrina (vice campeão paranaense de 76), o goleiro Nicola, Jadir e Tãozinho.

III Taça Paranavaí de futsal contou com a participação de apenas 04 equipes: Cotel, Dal Prá, DER e a Demafra que conquistou o título ao vencer na última rodada a A.A.Dal Prá por 4 a 3 em jogo bastante disputado, que só foi definido nos minutos finais com um golaço de Devanei.

Demafra 2 x 0 DER

Demafra 5 x 0 Cotel

Demafra 4 x 3 A.A. Dal Prá

Demafra – Miltinho, Devanei, Sopinha, Helder, Carmo, Perigoso. Técnico – Cesar Borin.

Em 77 ainda venceu o Campeonato Comerciário de Paranavaí promovida pelo SESC ao vencer o Supermercado Alpercar pelo placar de 1 x 0

Campeonato Citadino teve a participação de oito equipes, esta competição ficou marcada pelo equilíbrio e também pela violência  que aconteceu na partida entre a Demafra e o D.E.R. que envolveu os jogadores e também os torcedores das duas equipes deixando graves consequências.

Demafra 4 x 1 D.E.R. – Gols de Carmo (02), Dilvo e Helder.

Destaque para o belo gol de Carmo, o último da partida que arrancou aplausos da torcida presente no Lacerdinha, ao mostrar tranquilidade diante do experiente goleiro Jayme.

Demafra – Milton, Dilvo, Devanei, Helder, Carmo, Sopinha, Perigoso, Gilmar Pinheiro e Zé Mario.

D.E.R. – Jayme, Gilberto, Juraci, Levi, Valdemir, Aldacir e Aparecido.

Demafra Bi-campeão

A equipe da Demafra conquistou o vice-campeonato da Copa Tibagi, que contou com a participação da Cotel, sendo as duas representantes de Paranavaí.

Na final disputada em Cascavel a Demafra perdeu para o Florença/Londrina pelo placar de 3 a 0. Nessa partida a equipe não pode contar com o técnico Cesar Borin no banco de reservas, além dos atletas Carmo, Zé Mario, ausências que foram muito sentidas, mas que não tiraram o brilho do vice-campeonato.

No dia 23 de julho aconteceu um amistoso comemorativo dos 10 anos do Demafra, e o adversário foi o Corinthians Paulista no Ginásio de Esportes “Noroestão”. Na preliminar, houve um quadrangular envolvendo as equipes da Cotel, A.A. Dal Prá, Pilonetto e Fripan, e a renda foi de Cr$7.000,00.

O jogo terminou empatado em 1 a 1, o time paulista abriu o placar no final do primeiro tempo com Spina, mas Carmo empatou de bico aos 15 minutos do segundo tempo, após grande jogada de Helder.

Demafra – Milton, Dilvo, Devanei, Helder, Carmo, Sopinha e Perigoso.  Técnico – Cesar Borin.

Corinthians – Plata, Luis Carlos, Sacramento, Spina, e Solco.

Muitas homenagens aconteceram nesse jogo em comemoração aos 10 anos da Empresa Demafra, e a conquista de títulos. Edmar Souza Santos foi homenageado como funcionário mais antigo. José Antonio Batista, primeiro freguês, e os funcionários homenagearam seus diretores: Cesar Francisco Borin, Benedito Otávio Borin, Régis Diamante. Foram sorteadas 300 camisetas pelo Demafra aos torcedores no intervalo do jogo, e uma do Corinthians numero 10 do Palhinha, o craque da época. O público não foi o esperado devido ao jogo ter sido transmitido ao vivo para Paranavaí e Região.

Taça Paraná de 77 teve a participação de 42 equipes. A Demafra por ter sido campeã em 76 não disputou as fases iniciais e acabou sendo eliminada com os seguintes resultados:

Cotel 2 x 0 Demafra

Cotel – Renato, Beto, Nakamura, Chito e Nilson.

Demafra – Milton, Devanei, Perigoso, Sopinha, Carmo, Helder e Gilmar.

Demafra 1 x 1 Juventus/Guarapuava

Demafra 0 x 5 Florença/Londrina

 

FB_IMG_1453006365776

Renato (In memoriam)

A Cotel/Paranavaí foi a vice-campeã ao ser derrotada na final para o Florença/Londrina pelo placar de 1 a 0 muito em função de que as finais foram disputadas na cidade de Campo Mourão, enquanto a equipe londrinense se hospedava a de Paranavaí vinha e voltava, o Goleiro Renato da Cotel foi considerado o melhor jogador da competição.

 

 

 

 

 

 

 

Ainda  no ano de 1977 a Demafra conquistou o título de campeã da Taça Paraná de Futebol Amador, uma das principais competições de futebol do estado. Na final houve empate com a forte equipe do Trieste de Santa Felicidade que possuia vários ex-jogadores do Atlético-Pr e Coritiba no Natal Francisco por 1 a 1 em um jogo muito difícil. No joga da volta em Curitiba a Demafra precisava vencer para conquistar o título, o jogo terminou empatado em 0 a 0 e a equipe paranavaiense venceu nas penalidades causando uma grande alegria. Detalhe é que a equipe viajou de Kombi dirigida pelo atleta de futsal Devanei Eugênio.

Demafra – Brá, Da Silva, Gilmar Pinheiro, Pitrica e Sopinha, Nicácio, Perigoso, Silvinho, Carmo e Sumaré e Zé Mario. Suplentes – Renato, Paraiso, Devalir, Coelho, Irineu, Malhado, Piola. Técnico – Gebê.

Digitalizar0073

Silvinho, Peola, Da Silva, Brá, Carmo, Gilmar Pinheiro e Gebê. Sopinha, Bassú, Sumaré, Perigoso e Zé Mario.

 

 

images (4)

Demafra campeã da Taça Paraná de 77

 

 

Digitalizar0072

Misso, Sumarezão, Nicácio e Carmo Cassorillo

 

 

 

 

 

 

 

1978

Em 78 houve a disputa de um amistoso para a entrega de faixas contra o Clube Atlético Paranaense no Estádio Natal Francisco. images

images (3)

 

images (2)

 

No dia 24 de fevereiro teve inicio uma das competições mais importantes da época, a Copa Tibagi. A primeira rodada aconteceu na cidade de Maringá e contou com a participação da Cotel e da Demafra de Paranavaí.

Demafra 3 x 3 Cocamar/Maringá – a Demafra estava perdendo por 3 a 0 e empatou, mas acabou sendo derrotada nas penalidades.

No dia 03 de março a rodada aconteceu em Paranavaí e além das equipes da casa estiveram presente a Usina Bandeirantes, a ARCAN de Campo Mourão, Marisol de Cambé e Seleção de Apucarana.

Foto 22Foto 20

 

 

 

 

 

Foto 19

 

 

Foto 18

 

Foto 24

Foto 17
Foto 15

 

 

 

 

 

 

 

 

Demafra 2 x 1 Banco do Brasil/Campo Mourão – O público para estes jogos foi de aproximadamente 1.200 pessoas.

Para passar a próxima fase a Demafra precisava vencer a Seleção de Terra Roxa por 5 gols de diferença. Este jogo aconteceu em Pérola e a Demafra goleou por 12 a 1, com gols de Carmo (03), Helder (03), Sopinha (02) Perigoso,  Devaney e dois gols contra. O detalhe deste jogo foi que o primeiro gol saiu aos 2 segundos de jogo através de Carmo.

Demafra – Milton, Sopinha, Devanei, Carmo, Helder, Loiry, Da Silva, Romildo, Valentim e Perigoso

Em Campo Mourão – Demafra 1 x 1 Soloquimica

Em Paranavaí, no dia 19/05/78, Demafra e Cotel acabaram sendo eliminadas da competição mesmo com a vitória. A Cotel venceu a seleção de Palotina pelo placar de 5 a 1, e o Demafra, mesmo vencendo por 1 a 0 a Galeria de Esportes de Maringá, ficou fora, pois precisava vencer por dois gols de diferença, e só não conseguiu em função da ótima apresentação do goleiro adversário.

A Demafra conquistou o tri-campeonato Citadino de Futsal por antecipação ao vencer a Cotel pelo placar de 3 a 1, jogando com: Gomes, Devanei, Pitrica, Perigoso, Carmo, Gilmar Pinheiro e Sopinha. O artilheiro da competição foi Carmo (Demafra) com 22 gols.

1 – Demafra

2 – A.A. Dal Prá

3 – D.E.R.

4 – Cotel

A equipe da Demafra conquistou o tetra-campeonato da Taça Paranavaí ao vencer a A. A. Dal Prá pelo placar de 2 a 0, com gols de Sopinha aos 14 e outro aos 16 do segundo tempo.

Demafra – Zé Gomes, Carmo, Devanei, Sopinha e Pitrica.

A.A. Dal Prá – Madraga, Rubinho, Bassú, Rodela e Lambari.

Em 78 conquistou ainda 0 VI Campeonato Comercial em disputa do “Troféu Diário do Noroeste”, e do “Troféu Pilonetto”de forma transitória.

Em uma partida válida por esta competição o jogador Devanei marcou onze gols na vitória da Demafra sobre o Metanol pelo placar de 13 a 5, mesmo marcando onze gols em um só jogo, o artilheiro da competição foi novamente Carmo que marcou 27 gols.

Após 5 meses de disputa, a equipe da Demafra venceu na última rodada a Farmácia Santa Paula pelo placar de 4 a 1 ficando com o título.

1 – Demafra (Troféu Diário do Noroeste e Troféu Pilonetto)

2 – Painéis Yoshikazu (Troféu Ferraz Júnior)

3 – Aquarius (Troféu Jandir Rossi)

4 – Farmácia Santa Paula

Resultados da Demafra na Taça Paraná de 78:

Demafra 3 x 2 Colmeia de Maringá

Demafra 5 x 2 Ivaiporã

Clube dos 20/Apucarana 0 x 0 Demafra

Colméia de Maringá 4 x 0 Demafra

Demafra 2 x 0 Ivaiporã

Demafra 7 x 2 Clube dos 20/Apucarana – gols de Dilvo (03), Sopinha (03) e Carmo.

II Fase:

Circulo Militar/Curitiba 2 x 3 Demafra – Gols de Carmo (02) e Devanei

Demafra 5 x 2 Circulo Militar/Curitiba – Gols de Devanei, Dilvo, Sopinha, Da Silva e Zé Mário

Fase Final em Maringá:

Demafra 3 x 1 Tagliari/Campo Mourão

Demafra 0 x 0 Derac/Cascavel

Demafra 2 x 2 Toyo Diesel (0 x 0  na prorrogação, 4 x 4 e 0 a 1 nas penalidades

O campeão paranaense foi o Derac de Cascavel, e a equipe da Demafra ficou em quarto lugar de forma invicta.
1979

O ano de 1979 começou com a conquista da Taça Paranavaí onde na última rodada no Ginásio Lacerda Braga a Demafra venceu a Cotel nas penalidades depois de empate no tempo normal em 2 a 2 com arbitragem de Marco Antonio Lucas de Lima e renda de Cr$1.900,oo doada para a APAE.

1 – Demafra

2 – Cotel

3 – Painéis Yoshikazu

4 – Prefeitura Municipal

Demafra – Renato, Idemes “Mangaba”, Sopinha, Devanei, Carmo, Zé Mario, Adalberto, Da Silva, Irineu, Gilmar e Perigoso.

Cotel – Jayme, Nakamura, Beto, Amauri, Romildo, Carlos, Luiz Avelino.

No Campeonato Citadino a Demafra venceu na final a A.A. Dal Prá pelo placar de 2 a 1 com gols de Gilmar e Sopinha para o Demafra com Valdir descontando para o Dal Prá.

Demafra – Idemes “Mangaba”, Devanei, Da Silva, Sopinha, Carmo e Gilmar Pinheiro.

Dal Prá – Madraga, Nivaldo, Rodela, Lambari, Valdir e Bassú. (Jogadores que formaram no ano seguinte a base da Farmácia Brasilia e em seguida a Farmácia São Lucas)

Copa Tibagi de 79 contou com a participação de 40 equipes da região norte do Paraná.

Demafra 3 x 2 Arcan/Campo Mourão

Demafra 1 x 1 Umel/Umuarama

Pela semifinal em Campo Mourão a Demafra venceu a equipe do Tagliari local pelo placar de 4 a 3 com gols de Carmo (02), Dilvo e Sopinha. Em seis minutos a equipe de Campo Mourão fez 03 gols e colocou fogo no jogo. Aos 15 minutos o jogador Carmo sofreu falta feia quando ia em direção ao gol e não voltou mais para a partida desfalcando a equipe que neste momento já não contava com Devaney desclassificado.

Houve uma invasão dos torcedores locais que tentaram agredir atletas paranavaienses e o jogo ficou paralisado por cerca de 5 minutos quando o árbitro João Bosco estranhamente desclassificou Dilvo (Demafra) e Fuzil (Tagliari). Mesmo depois de muita pressão da equipe local, a Demafra conquistou a vaga para a final enfrentar a Galeria dos Esportes de Maringá, que venceu o Camisa 10 de Apucarana nas penalidades depois do empate de 1 a 1 no tempo normal.

A decisão aconteceu no Ginásio de Esportes 28 de Janeiro em Apucarana em virtude das fortes chuvas na cidade de Campo Mourão. Dois ônibus foram cedidos pela prefeitura para levar torcedores sob a chefia de Agamenon Arruda, organizador da caravana que contou com a presença do Prefeito José Vaz de Carvalho.

Em Apucarana – Demafra 0 x 2 Galeria dos Esportes de Maringa com dois gols de Nelito no segundo tempo. Os jogadores Carmo e Dilvo foram bem marcados e acabaram sendo substituídos por Zé Mario e Adalberto, mas acabaram voltando á quadra. O pivô paranavaiense foi marcado com muita violência pelo jogador Guinther de Maringá, que merecia ser expulso em alguns momentos mas acabou sendo só desclassificado.

Demafra – Renato, Dilvo, Devanei, Sopinha, Carmo, Adalberto, Zé Mario, Da Silva, Gilmar e Dilo. Técnico Cesar Borin.

Galeria dos Esportes – Zé Luiz “Pancho”, Serraria, Guinther, Nelito, Ademir, Guerles e Américo.

A equipe da Demafra não conseguiu repetir as apresentações em outras competições e ficou com o vice campeonato.

1 – Galeria dos Esportes/Maringá

2 – Demafra/Paranavaí

3 – Soloquímica/Cascavel

4 – A.A. Tagliari/Campo Mourão.

Equipe da Demafra juvenil que disputou a Taça Paraná Juvenil:

Demafra Juvenil – Jorge Takeo, Valmir, Itamar, Cesar, Molina e Edson.

download (1)

Armando Trindade Fonseca (Repórter), Cesar Borin e Verildo Pilonetto

VII Campeonato Comercial em disputa do “Troféu Diário do Noroeste” e “Troféu Pilonetto” foi vencido novamente pela Demafra. Na última rodada venceu a A.A. Dal Prá pelo placar de 2 a 0. A equipe do Dal Prá estava melhor no jogo todo e numa infelicidade do goleiro Madraga, Carmo interceptou um arremesso e abriu o placar aos 18 minutos do segundo tempo. Inferiorizada no placar, a equipe da Dal Prá partiu para cima e sofreu o segundo através de um contra ataque rápido.

1 – Demafra

2 – A.A. Dal Prá

3 – Banespa

4 – Encass

 

 

FB_IMG_1453006434840

Ginásio Lacerda Braga

VII Taça Paraná de futsal de 1979 contou com a participação de 45 equipes, sendo duas de Paranavaí.

A Demafra estreou na fase final da competição por ser patrocinadora, assim como a A.A.Tagliari de Campo Mourão, como atual campeã. O hexagonal final aconteceu em Paranavaí dos dias 12 a 16 de dezembro, e além dessas duas equipes contou ainda com a participação do Juventus de Guarapuava, Capeletti de Ponta Grossa, Valmar de Maringá, e Clube dos Oficiais de Curitiba que substituíram o Bussadori de Londrina e Círculo Militar de Curitiba respectivamente.

Uma preocupação muito grande tomou conta de todos em virtude da falta de ritmo de jogo da Demafra, que por não participar das fases anteriores não se encontrava na sua condição ideal de brigar pelo título.

Demafra 4 x 2 Juventus de Guarapuava – Gols de Carmo (02), Devanei e Dilvo

Demafra 4 x 2 Clube dos Oficiais/Curitiba

Demafra 1 x 1 Valmar/Maringá

Classificação:

1 – A. Tagliari/Campo Mourão (bicampeão)

2 – Capeletti/Ponta Grossa

3 – Demafra/Paranavaí

4 – Valmar/Maringá

5 – Juventus/Guarapuava

6 – Clube dos Oficiais/Curitiba

 

1980

O ano de 1980 marcou as despedidas da forte equipe da Demafra das principais conquistas, uma das últimas foi o vice-campeonato da Taça Paranavai ao ser derrotada pela Farmacia Brasilia (que logo em seguida se transformaria em Farmácia São Lucas) pelos placares de 1 a 0 e 6 a 0.

foto 156

Campeonato dos 30 – Demafra – Régis Diamante, Cidão, Gavião, Malhado, e Chiquita. Peola, ? , Paulinho Massagista, ? .

Ainda conquistaria o Campeonato dos 30 ao vencer a A.A.B.B. pelo placar de 5 a 2.

 

Fonte: Livro: História do Futsal de Paranavaí (2008)

Fonte: Arquivo (Diário do Noroeste)