Depois de passar pelo Araz do Azerbaijão, o pivô Rafael Vilela e todo o elenco tem a missão de levar o Copagril Futsal ao caminho dos títulos. Mesmo com as boas campanhas na Liga Nacional e na Chave Ouro do Paranaense, estas não garantiram triunfo para o time do oeste em 2017, que quer outra história em 2018.

Depois de um 2017 que o clube passou em branco, Vilela projeta um grande ano para o Copagril. O pivô afirma que a seriedade do projeto da equipe, permite com que o elenco possa brigar por grandes feitos neste ano. “Queremos conquistar o título paranaense e faremos de tudo para levar o título da Liga. São metas ousadas, mas nosso time é forte o bastante pra brigar por isso”, comenta.

Com as metas do time bem definidas, o jogador acredita que se dedicando a elas o caminho para o seu sucesso também fica mais curta. No Copagril, Vilela quer manter o status de artilheiro. “Eu vou dar o meu máximo sobretudo para o time, depois disso vou buscar melhorar minhas marcas e meu retrospecto de goleador”.

Vilela menciona a qualidade da pré-temporada do amarelinho, que segundo ele tem sido bastante pesada, permitindo que os jogadores alcancem o ápice de suas formas. “Fizemos dois amistosos já, e neles conseguimos ver o que ainda faltava para melhorar. Creio que todos os jogadores estarão prontos para a temporada”, afirma.

A Copagril inicia a temporada recebendo o Magnus de Sorocaba no dia 16 de março, às 20h15, no pontapé inicial da LNF no Ginásio Ney Braga. Quatro dias depois, a estreia é na Chave Ouro, também em casa, contra o Palmas.

Fonte: Assessoria