São Lucas/Grupo Ivo e Marechal Cândido Rondon fazem o jogo de volta dos playoffs do Paranaense de Futsal nesta segunda-feira. No primeiro confronto, em Paranavaí, houve empate em 1×1, portanto, as chances são iguais neste jogo de volta na cidade do Oeste paranaense.
O ala Wesley fala em possibilidades reais do time avançar no Campeonato Paranaense de Futsal, apesar dos investimentos do time adversário, que detém um ótimo plantel.
“Depois dos dois jogos que fizemos contra Marechal, acho que dá para chegar lá e vencer. O grupo está fechado em atingir o objetivo”, disse Wesley.
Quem vencer o confronto desta segunda-feira passa para a próxima fase. Novo empate leva a decisão para as penalidades.
O São Lucas perdeu uma peça importante para este jogo – o artilheiro Jean Carlos se desligou do clube para atuar no Casaquistão.
“Não podemos ficar lamentando a saída dele (Jean). Acreditamos no potencial dos atletas, faremos um bom jogo”, diz Wesley. “Temos que colocar a bundinha no chão, como se diz no futsal, e vencer o jogo lá”, finalizou.
O jovem Ruan de Oliveira, o Jiboia, de 17 anos, vem se destacando na equipe, apesar do baixo rendimento no último jogo. Ruan diz que sofreu forte marcação, mas atribuiu sua baixa produção a problema de saúde. Enfrentou uma virose naquela semana do jogo em Paranavaí. “Agora estou 100% e a torcida pode esperar muita garra e determinação”. Ele garante; o São Lucas vai complicar o jogo para o adversário.
TREINAMENTO – Desde sexta-feira, o elenco do time de Paranavaí está sob a responsabilidade do auxiliar-técnico Leandro Primavera. É que o técnico Carlos Giuliano está em Foz do Iguaçu, participando do Campeonato Máster de Futsal.
“Desenvolvi trabalhos sugeridos pelo Giuliano. A expectativa é boa para este jogo importante, estamos confiantes e vamos com tudo para obter a classificação”, disse Leandro Primavera, revelando a proposta de marcação forte como ocorreu nos últimos jogos. “Vamos tentar repetir 2011 quando eliminamos eles” disse o auxiliar.

Fonte: Jornal Diário do Noroeste