Depois de enfrentar o Foz Cataratas duas vezes na mesma semana, agora o Cresol/Marreco se concentra no jogo de sexta-feira, dia 13, em Carlos Barbosa (RS), pela Liga Nacional de Futsal (LNF). A equipe beltronense vem de um bom momento na competição, com dois jogos e duas vitórias, mas essa partida será um grande desafio. As duas equipes se enfrentaram apenas duas vezes na história: em 2016, empate de 2 a 2 no Rio Grande do Sul, e em 2017, empate de 3 a 3 em Francisco Beltrão. Hoje o Cresol/Marreco tem três ex-jogadores do Carlos Barbosa: o goleiro Beccon e os pivôs Dener e Sinoê. “Fico feliz em poder ter uma sequência de jogos com a camisa do Marreco. É algo que eu venho batalhando desde que cheguei aqui, em 2016”, comenta o goleiro Beccon, que está aproveitando a ausência de Quinzinho (machucado) para se firmar como titular na equipe beltronense.

Desfalques
Além de Quinzinho, que volta a jogar somente em junho por conta de uma cirurgia no joelho, o Cresol/Marreco não terá amanhã o pivô Rafinha, que se recupera de um entorse no tornozelo, e Guina, que precisa de mais uns dias para se recuperar de uma cirurgia no joelho. O técnico Baiano está ansioso para contar com todos os seus atletas o quanto antes. “Eu ainda não consegui fazer um treino sequer com todos os atletas. Mas vamos superar essas dificuldades e buscar a classificação”, comenta o treinador.

Fonte: Jornal de Beltrão