Jogando no Anilado, pela primeira partida da decisão da Divisão de Acesso, o Clube Esportivo União (CEU) fez um primeiro tempo apático e levou gol aos 26 minutos. Não fosse o goleiro Marcos Paulo, que defendeu penalidade cobrada por Léo Maringá, o placar da primeira etapa poderia ser ainda pior para o União.
Para o segundo tempo, com duas modificações, o União voltou com ânimo renovado – e a cara do técnico Ivair Cenc – e conseguiu virar o placar. O prata da casa Emanuel Rossetto marcou o gol do empate aos 9 minutos e Fornazari marcou aos 20 minutos – os dois jogadores entraram após o intervalo.
Com o resultado, o União vai para a segunda partida da decisão, domingo, em Maringá, com a vantagem de jogar pelo empate. Em caso de vitória do Maringá por um gol de diferença, a decisão irá para os pênaltis. Se os donos da casa vencerem por dois gols ou mais, ficam com o título. As duas equipes já estão garantidas na elite do futebol paranaense em 2018.

Público e renda
A diretoria do União divulgou os números de público e renda do jogo de quarta-feira à noite. No total, foram 1.714 torcedores pagantes, o que resultou em uma renda de R$ 36.970,00. O público não pagante foi de 94 pessoas. Mesmo com duas boas rendas na reta final da competição, o União ainda precisa promover um show de prêmios neste ano, para fechar as contas e já projetar a temporada de 2018.
O técnico Ivair Cenci quer ter o time montado ainda em novembro deste ano, para começar os treinamentos em dezembro.

Fonte: Jornal de Beltrão